O ingresso no Ensino Fundamental II é uma experiência marcante na vida do aluno. O universo das relações pessoais amplia à medida que passa a conviver com um maior número de colegas por sala, pelo maior número de disciplinas e de professores. É desafiador tanto para ao colégio, que deve se preparar na adaptabilidade e sociabilização do estudante, como para ele próprio em saber relacionar-se num ambiente que comporta mais diversidade.

A diversidade é um dos aspectos que mais contribuem na construção do conhecimento, não somente sob o aspecto cognitivo, mas na elaboração de soluções às situações desafiadoras, assim como também é o aspecto do crescimento pessoal, pois a convivência com o múltiplo permite ampliar e perceber das diferenças existentes no campo social.

A transição do ensino fundamental I para o II é muito edificante na vida escolar, principalmente quando se compreende as contradições que comporta: o aluno não deseja mais ser tratado de modo “infantil”, porém não possui ainda a maturidade para agir sem que haja uma orientação acompanhada. Dessa maneira, há o desejo de ser “maior”, “mais velho”, “obter mais respeito por suas opiniões” e possuir “mais liberdade”.

Ao ingressando no ensino fundamental II, busca-se dar mais autonomia ao aluno, que passa a agir com mais independente, visto que estão em curso transformações físicas e hormonais e também no aspecto cognitivo, em que as habilidades e competências individuais são aprofundadas. Por esse conjunto de elementos, o discente sente a necessidade de ampliar o leque de relacionamentos, estabelecer novas amizades, saber posicionar-se individualmente e diante do grupo, decidir, conviver com idéias e valores diferentes aos seus e valer-se dessas experiências na construção da sua identidade.

Com as mudanças efetivadas no ingresso do ensino fundamental II para as séries iniciais, a equipe pedagógica se empenhará no auxílio do aluno, ajuda-o a aprender a conviver com essa diversidade, na sua organização pessoal e atuar como mediadora das relações interpessoais. Para isso, são realizadas dinâmicas e trabalhos educativos com o sentido de orientá-los quanto à sua organização pessoal, postura em sala de aula, construção de regras de convivência e reforço às condutas morais.

Aos pais faz-se necessário saber que seu filho, neste momento, vivencia novas experiências e expressa o desejo de uma maior autonomia. Trata-se de um momento de transição e o aluno ainda não se encontra plenamente amadurecido para se responsabilizar autonomamente pelos estudos. Com isso, é necessário que os pais acompanhem regularmente os estudos, os horários das aulas, o calendário de provas, frequente as reuniões pedagógicas, certifique-se das tarefas diárias e do relatório de desempenho escolar.

À medida que avançam nas séries (oitavo e nono anos), novos procedimentos, comportamentos e exigências surgirão, assim como também se tornará mais complexo o currículo, donde os alunos poderão apresentar produções mais elaboradas, com maior aprofundamento e embasamento teórico, interdisciplinado conhecimentos e informações.

No nono ano, pela proximidade do ingresso no ensino médio, os alunos iniciam o estudo de disciplinas que lhes darão noções básicas de Física, Química e Biologia, facilitando seus estudos no próximo grau de ensino, alicerçando conhecimentos que serão aprofundados nas séries seguintes. Essas disciplinas são ministradas por professores titulares do ensino médio e, por sua experiência quantos aos pré requisitos necessários, muito contribuem para o sucesso dessa transição. Ainda, nesta última série do ensino fundamental II, faz-se uma grande revisão e sistematização dos conteúdos desse grau de ensino, uma retrospectiva, com vistas à nova etapa que se avizinha.

O Colégio Integração Minas trabalha também, além das disciplinas regulares, com projetos interdisciplinares. O trabalho desenvolvido por meio de projetos capacita uma maior integração dos alunos e abrange áreas de conhecimentos. Assim, o aluno percebe a integração dos conteúdos, quebrando a visão compartimentada e estanque das disciplinas.